Notícias

Braskem Labs anuncia parceria com Ambev, AkzoNobel, BRF e Grupo Boticário para fomentar o empreendedorismo sustentável

A plataforma de empreendedorismo da petroquímica divulga as startups que participarão dos programas Ignition e Scale em 2020

A edição de 2020 do Braskem Labs já tem suas startups selecionadas para a próxima fase da plataforma. O programa, que visa impulsionar negócios sustentáveis criados a partir da química e do plástico, conta este ano com quatro gigantes co-sponsors: a Ambev, do setor de bebidas; a BRF, multinacional do ramo alimentício; a AkzoNobel, fabricante de tintas e revestimentos; e o Grupo Boticário, detentor das marcas de beleza O Boticário, Eudora, Quem disse, Berenice?, BeautyBox, Multi-B, Vult e Beleza na Web.

As companhias trabalharam juntas para escolher os 21 projetos que utilizam a química e/ou o plástico de forma mais inovadora e com maior impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Nesta edição, por conta do distanciamento social necessário durante a pandemia do novo Coronavírus, a seleção aconteceu em quatro dias de pitch totalmente online, com o engajamento de mais de 800 pessoas, entre integrantes das empresas participantes e importantes nomes da cadeia da química e do plástico.

Das startups que seguirão no Braskem Labs, 10 irão participar do Braskem Labs Ignition, focado em startups ainda em fase de validação de modelo de negócio; e 11 do Braskem Labs Scale, que oferece suporte para negócios em fase de tração ou escala, impulsionando seu crescimento. Mais de 70 startups já foram aceleradas pelos dois programas nos últimos quatro anos, 96% delas continuam no mercado e 40% atraíram investimentos externos.

A próxima fase acontece entre julho e setembro deste ano, quando os empreendedores participarão de workshops e mentorias (com executivos da Braskem e co-sponsors), individuais e em grupo, relacionados aos seus negócios, com dinâmicas envolvendo desde o estabelecimento de um público-alvo à construção do modelo de negócio. A plataforma conta ainda com apoio do Quintessa, aceleradora dedicada a negócios de impacto social ou ambiental positivo.

O Braskem Labs é inteiramente equity free, ou seja, as empresas apoiadoras não se tornam sócias das startups ao final. Marina Rossi, gerente de Desenvolvimento Sustentável da Braskem e responsável pelo Braskem Labs, explica que essa prerrogativa reforça o posicionamento do programa em prol de negócios de impacto social positivo. "As conexões geradas durante o programa são muito positivas e enriquecedoras e, mesmo sem vínculos econômicos, essas parcerias surgem de forma espontânea. Desde o início da plataforma, mais de 25% das empresas participantes fizeram algum tipo de negócio com a Braskem", comenta.

"O Braskem Labs une duas frentes primordiais para a sobrevivência de qualquer negócio no mundo atual: inovação e sustentabilidade. Nossa relação com o universo de startups, que respira inovação, e que nesta edição conta com o apoio de grandes empresas de outros setores, irá permitir o fortalecimento de uma rede de economia colaborativa desde a indústria de base até consumidor final e que pretende mudar a forma como produzimos, consumimos e descartamos", afirma Renato Yoshino, diretor dos negócios de Agro, Infraestrutura e Indústria na Braskem e mentor do Braskem Labs.

Startups que participarão do Braskem Labs Ignition:

Startup

Descritivo

Closin

Pallets de plástico (PEAD) com design encaixável e sistema de rastreamento integrado, com software de gerenciamento de toda cadeia.

EDB Poliois Vegetais

Revestimento vegetal, biodegradável e bioestimulante para sementes, para superar o problema dos plantios, utilizando menos produtos agressivos para o meio ambiente.

Sileto

Dormente feito em plástico. Mais resistente e homogêneo, torna as vias mais confiáveis em termos de acidentes.

Wastebank

Banco digital para inclusão de catadores desbancarizados com sistema de logística/PEVs que diminui atravessadores e garante maior remuneração pelo material coletado.

MadTech

Linha de móveis fabricados com impressão em 3D a partir de compósito de plástico reciclado e resíduo agroindustrial.

Beone

Tecnologia com hardware em plástico para curar feridas crônicas através fotobiomodulação.

Gaia Social/Viraser

Central de gerenciamento de resíduos para municípios com menos de 100 mil habitantes que não implementam coleta seletiva. Reúne as melhores práticas das cooperativas do Brasil: padronização de processos, treinamento e capacitação, triagem e coleta.

Re.pote

Solução reutilizável em plástico para substituir descartáveis em entregas delivery.

Green Mining

Logística reversa inteligente para recuperar embalagens pós-consumo de forma eficiente, de modo a trazê-las de volta para o ciclo de produção; com sistema de rastreabilidade garante que todo o material coletado seja enviado para reciclagem.

PrintGreen3D

Recebe scraps plásticos de clientes e os devolvem em forma de grânulos ou filamentos com as mesmas características do material virgem para uso em impressão 3D.

 

Startups que participarão do Braskem Labs Scale:

Startup

Descritivo

Recigases

Regeneração, destinação e análise de fluidos refrigerantes, bem como aluguel de equipamentos e treinamentos para correto manuseio destes fluidos.

Ambflex

Sistemas de contenção flexíveis, móveis e portáteis, fabricados com lâmina de PEAD capaz de atender diversas aplicações do mercado. As bacias de contenção da Ambflex são extremamente impermeáveis com alta resistência a agentes químicos e mecânicos, custa bem menos que os sistemas convencionais.

Recicleiros

Desenvolve e implementa programas de coleta seletiva em municípios brasileiros por meio do desenvolvimento de política pública, advocacy, criação de infraestrutura, inclusão e capacitação de trabalhadores e da conscientização da população.

Eacea

Estufa agrícola ao lado de uma destilaria de etanol que recupera CO2, calor, vinhaça e bagaço para acelerar e reduzir os custos de produção de mudas pré-brotadas de cana de açúcar (MPB).

Já Fui Mandioca

Desenvolvedores e provedores de tecnologia proprietária para a fabricação de copos e embalagens 100% biodegradáveis e compostáveis de fécula de mandioca.

Greening Hub

Hub de soluções de tecnologia próprias para a valorização da cadeia de logística reversa, com cases de rastreabilidade com blockchain e IoT.

Tamoios

Desenvolvimento de tecnologia de biorefinaria capaz de tratar, beneficiar e moldar resíduos agrícolas e urbanos para fabricação de um leque variado de produtos, inclusive embalagens. Hoje, a maior parte de seu portfólio é composto por embalagens de celulose.

BR Polen

Transação de resíduos da indústria por meio de uma plataforma de blockchain que permite, dentre outras coisas, assegurar e monitorar a carga.

3D Criar

Fornecimento de equipamentos, suporte técnico e treinamento para modelagem e Impressão 3D em setores como educação, saúde e indústria.

Arco Resíduos

Realiza a coleta e melhor destinação dos resíduos gerados em estabelecimentos comerciais (orgânicos são compostados, recicláveis vão para cooperativas e rejeitos para aterro).

Molecoola

Por meio de um programa de fidelidade ambiental, oferece logística reversa e dá pontos para os consumidores trocarem por produtos e serviços ao levarem seus recicláveis a uma de suas lojas-containers.

 

Para esclarecimentos adicionais à imprensa, favor contatar::
CDN Comunicação 
Karina Alves (55 11) 3643-2981 - karina.alves@cdn.com.br
Jessyca Trovão - (55 11) 3643-2769 - jessyca.trovao@cdn.com.br
Fábio Souza - (55 11) 3643-2813 - fabio.souza@cdn.com.br  

 

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter